quarta-feira, 12 de setembro de 2007



Hey...I was just thinking what I could write here today, but I didn't find anything interesting, so...I remembered I'd talked with a friend of mine, my workmate, and..hã...rsrs...he has a poliglote blog, so I think I could try to say some things, just to improve my english...The fact is, I spent all my holliday alone, watching a new sit.com, and I think (sorry the term) it's f***** my mind, rsrs...Then I decide see a pretty thing today, The O.C, and I saw all those kitty kitty couples, and...now I'm feelling empty...you know...I have no trouble if the others are happy, if they are, I'm too...but I'm really tired of all it...





Ela sempre fora sensível...de um jeito que simplesmente não conseguia explicar. Tal como aquelas coisas inerentes à personalidade, quando só se é e pronto. Aos quatorze começou com aquele rock-meio-transviado-depressivo dos anos 80...sua mãe não gostava. Mas depois de crescida percebia o quanto aquilo a havia moldado, mesmo aquela literatura importada ou os livros esotéricos havia ajudado, porque gosto era algo que se moldava...Não se considerava uma jóia. Era desajeitada, de fato. Mas gostava de tudo aquilo, do mal humor, das formas mal definidas, dos desenhos mal traçados, da desafinação...do jeito humano, até dos erros ela gostava, gostava sim...esses eram os oleiros mais perfeitos....

7 comentários:

Slim Shady disse...

roc in roll .isso deve ser pior ainda se tratando de uma menina de famila.rsrs.

belas palvras,gostei =D

Abraço!

Rafael M. disse...

Parabéns pelo Blog!

Autos Wallpaper disse...

Olá! tudo bem?
Muito interessante o seu blog hein... continue assim!
tenha uma ótima sexta,
Beijos

http://autoswallpaper.blogspot.com

Deisinha Rocha disse...

hmmm, blog legal!!!!!!

Arthurius Maximus disse...

Um belo texto. Uma profissão nobre e cheia de sentimento. Trabalhar o barro requer sensibilidade. Por isso os mais sensíveis eram os melhorem

liuzenha disse...

amiga??!!!!!

vc é a reencarnação de clarisse L., só q de uma forma mesmo doente...


adorei!

bjos

cláudia disse...

Gostava "do jeito humano, até dos erros ela gostava, gostava sim...esses eram os oleiros mais perfeitos...."

E não é?!

=]