sábado, 10 de janeiro de 2009


Talvez você não precise se proteger de seus desejos, talvez não se esqueça nunca de seu primeiro beijo ou do primeiro orgasmo, ou talvez não seja nada disso...

Andou até o centro da cozinha, sim, não havia fome, não havia tempo, nem música havia. Talvez não quisesse mesmo ter os pés fora do chão..."Trim...trim..." e o telefone que toca num ritmo intermitente de atenção; é seu vizinho, um cara interessante que lhe olhou de maneira diferente...é você ser tímida pra em seguida levantar a cabeça com um ar de esnobe.

Foi o que?Frio na barriga? Não, foi só um resquício de ser dono daquilo que nunca lhe pertenceu. Não, o cabelo não está legal, vamos tentar chapinha novamente?Ou vai apelar pros cachos? Não, vai ficar em casa mesmo, o que lhe leva interminantemente a centro da cozinha, é, mas o doce da geladeira já acabou, vamos tentar waffles?

Livrou-se das roupas antigas, uniformes antigos, certo, guardou a blusa que a madrinha lhe dera, aquela listrada, de rosa e preto, num estilo retrô, certo, deixou também o uniforme bordado, devolverá os livros emprestados, tão logo arrume o armário da sala...

Com que frequência as pessoas se aproximam de você?E qual a profundidade que elas atingem? Em outras palavras...quão grossa é sua carapaça?

Café?

12 comentários:

Guilherme Santos disse...

olha
eu sei que voce nao queria ouvir isso, mas
legal o blog e o texto
ashusahuashasuhasua

na real
eu conheço muita gente, mas apenas sao muito poucos os que realmente considero amigos, saber se relacionar com pessoas é essencial

e isso tem haver com o texto?ashusahsua pelo que li acho que era esse o assunto mais ou menos

Levi Ventura disse...

Amei!
Seu blog não caiu pra eu comentar, mas quando vi o tema de seu blog resolvi entrar e não me arrependi.
Você tem uma forma de escrita esplêndida!
Se der, passa lá em meu blog também!
-------------------------------
http://duventublog.blogspot.com/

Júnior de Paiva / Dish disse...

Sem açúcar por favor...
rsrsrs
Então, com que freqüência as pessoas se aproximam de você?
O que elas querem em troca?

Em mim, apenas belas palavras que tu coloca em teu blog moça!
Adoro ler!
beijos e boa semana!

Darlan Villalba disse...

Imagine que você é uma colméia de mel, se não se proteger virá um enxame de abelhas.

Todos nós carregamos o doce em nossos corações, mas se não caber a nós protege-lo 24hs por dia, nada adiantará.

Um dos maiores problemas é a carapaça que criamos em volta de si. Queremos proteger o que? Nosso maior tesouro ou nossa vaidade/personalidade? Prefiro proteger o que sobreviverá eternamente e não o que é descartável.

Fernanda Maria disse...

Nossa
Gostei muito do texto, me identifiquei em tudo..tirando o vizinho hehehehe quem me dera ai ai
Tive um vizimho que mais parecia um Deus grego as meninas adoravam ele, viviam atras dele, a pena é que ele não prestava nem um pouco, era drogado e casou com uma mulher apenas para ser sustendado, ja roubou no trabalho dele e tudo e ai, sumiu, nunca mais vimos..mas era lindo demais..ooo desperdicio..
E eu?
Hoje em dia ando sem amigos, isso por que mal saio de casa...espero.

Pedro Junior disse...

Olá gostei como vc envolve o leitor...

http://visaocontraria.blogspot.com/

ótimo final de semana
Abraços

Cláudia N. disse...

É só que gosto, mais ou menos que isso é exagero!

Anônimo disse...

ohh menina linda!!
de palavras e sorriso encantador!!
moça q povoa os meus sonhos!!!
vc naum tem ideia de como me sinto bem ao ler seu blog!!
dany linda continue assim!!
te amarei em "segredo" pelo resto da vida!!rs
moça bunita!
flor de azeriche!

Paixão, M. disse...

Por favor, o meu com açúcar!

interessante o questionamento no final... Acho que minha carapaça é meio assim, de lua. dependendo, engrossa mesmo, ou fica fina feito seda francesa :)

bjo!

abutre236 disse...

Com pouco açucar!

Bem legal o texto, eu não me relaciono com muitas pessoas, mas eu prefiro qualidade do que quantidade, e essas poucas ja me satisfazem.

camila disse...

Relacionamentos... Definitivamente, não sou boa nisso. É difícil se aproximar, difícil entender, enfim, é muito díficil...

Seu blog é fantástico (isso é fácil de perceber)

Anônimo disse...

Genial brief and this fill someone in on helped me alot in my college assignement. Thanks you for your information.